capa catalogo 17.1.png

Categoria Histórias Animadas:

Caminho dos Gigantes, de Alois de Leo

Categoria Histórias Curtas:
Lá do Alto, de Luciano Vidigal

Categoria Mostra Teen:
O Espírito do Bosque, de Carla Saavedra Brychcy

As produções audiovisuais mexicanas tiveram espaço garantido na programação do 15º Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), a partir da mostra ‘Foco México’, que contou com películas selecionadas pelo consulado do México, em São Paulo. Além das exibições de conteúdos inéditos no Brasil, algumas sessões dos filmes de longa-metragem foram dubladas por profissionais.

Para esse especial de dublagens ao vivo, foram escolhidos: ‘A Fantástica Fórmula do Dr. Funes’ (2014), dirigido por José Buil, uma adaptação do conto homônimo do escritor mexicano Francisco Hinojosa, que conta a história de um menino que descobre, com seu telescópio, que seu vizinho prepara uma estranha fórmula; e Um Cavalo Chamado Elefante’ (2016), coprodução mexicana com Chile e Colômbia, de Andrés Waissbluth, que mostra a aventura de dois meninos que, tentando recuperar o cavalo do avô, conhecem os encantos do mundo do circo.

‘Por Meus Bigodes’ (2014), de Miguel Caramés, apresenta a história do garoto Ulisses que, do dia para a noite, vê crescer um bigodão em seu rosto e, por isso, passa a chamar atenção na escola. O FICI fez uma dublagem exclusiva do filme para as sessões.

 

Além dos longas, o público também pôde conferir as seleções de curtas, com sessões de ‘O Professor e a Flor’ (2014), de Daniel Irabién Peniche, ‘Borboletas’ (2011), de Victor René Ramírez Madrigal,  ‘O Balanço do Céu’ (2013), de Gildardo Santoyo del Castillo, ‘O Corneteiro’ (2014) de Raúl Robin e Alejandro Morales Reyes;   ‘As Tardes de Tintico’ (2010) de Alejandro García Caballero e, por fim, ‘Eskimal’ (2012), de Homero Ramírez Tena.